domingo, 24 de abril de 2011

Vocês conhecem o “Seu Trinta”?

Um dia fui assistir uma palestra do carnavalesco Joãozinho Trinta, mais menos em 2005, na Eubiose (*).
Ele começou contando que, quando era criança, perguntava à sua mãe: “por que todo mundo tem sobrenome e eu tenho número”? 
O “Trinta” não é apelido, é nome. Por conta disso, já aos 11 anos, ele começou a estudar numerologia e não parou mais. Também estudou ciências esotéricas que influenciaram no seu trabalho e por toda sua vida. É só ouvi-lo falar para perceber que debaixo dos adereços e fantasias existe uma clara consciência buscando incessantemente a verdade.
A vida dele pode ser a resposta para a pergunta sobre seu nome, porque Trinta é criatividade, é o poder exercido pela sutileza. Se fosse o Três já teria estas qualidades, mas a presença do Zero reforça a simbolismo do “Todo” influenciando suas atividades.
Seu nome pode não ser um número, mas também possui valores numéricos, que são chaves para a compreensão da sua vida. Com os números na mão você pode recorrer ao conhecimento da Cabala, do Tarô, ou outro que tenha acesso para melhor compreender os acontecimentos da sua vida e traçar um rumo para seguir.

(*) Sociedade Brasileira de Eubiose, cujo fundador Prof. Henrique Jose de Souza chamava o Joãozinho de “seu Trinta”.

Um comentário:

  1. Oi Julio!!! bom saber que está de volta.
    Roseli Lima

    ResponderExcluir